Perfil do Artista
Carlos Araujo
ano: 1950
Carlos Alberto Araújo Filho, nasceu na cidade de São Paulo em 1950. Autodidata, inicia seus primeiros estudos de pintura o painel “Alegoria Al Carnaval” em 1963. Em 1973, participa da exposição Imagens do Brasil, em Bruxelas e, em 1974, realiza sua primeira exposição individual, no MASP – Museu de Arte de São Paulo. Além da pintura, trabalha outras técnicas, como desenho e litografia. De 1971 a 1975, cursa Engenharia na Universidade Mackenzie. Dali em diante, realiza inúmeras exposições, entre as quais se destacam em 1978, exposição na I Bienal Ibero-Americana na Cidade do México; em 1979 e 1987, individuais no MASP; em 1984, individual no MAB/Faap; e em 1989 individual na Galerie Furstenberg, em Paris.Em 1981, inicia etapa social de sua pintura, com a realização do painel “Os Trabalhadores”, para o Banco Itaú, em São Paulo.Lança em Paris, em 1989, o livro de litogravuras Os Quatro Cavaleiros do Apocalipse. Na sua obra observam-se elementos da pintura renascentista. No decorrer de sua carreira, realiza diversas exposições individuais e coletivas, no Brasil e exterior. Em 1980, o painel Anunciação, de sua autoria, é enviado pelo governo brasileiro ao Papa João Paulo II, onde hoje se encontra no Museu do Vaticano. Em 1984, é premiado pela Associação Paulista de Críticos de Arte. Carlos Araujo iniciou, há 15 anos, um projeto ousado: pintar 900 telas retratando passagens de toda a Bíblia. Os quadros foram reproduzidos em livro, junto com uma versão ecumênica do texto sagrado, resultando na “Bíblia – Citações”, uma edição de 685 páginas, que mede 50 x 30 e pesa 7 quilos.O trabalho agradou ao Papa Bento XVI a ponto de fazê-lo escrever um prefácio para a primeira edição, que foi lançada no dia 1º de dezembro na Bienal de Arte Contemporânea de Florença, na Itália.
continuar lendo